Loading...

”Opinião de…” Gabriel Pinto

Olá,

Com os anteriores artigos dedicados a interpretação e encenação, vou dedicar estes próximos a sonoplastia e luminotecnia. Para isso, vou contar com mais um colega meu, Gonçalo Ferreira, que conta já com alguns trabalhos de sonoplasta no currículo e tem no horizonte muitos outros que devido ao surto da pandemia Covid-19 encontram-se adiados, hoje, vai-nos falar um pouco sobre a sua área mais dedicada ao teatro. Para começar, quero agradecer por teres aceitado o meu convite e estares disposto a responder a tudo que te irei perguntar.

Gonçalo: ‘’ É um prazer para mim poder, não só mostrar a vertente onde me encontro como abrir alguma porta ou ser alguma espécie de influência para quem procura um lugar na área. Muito obrigado pelo convite. ‘’

Gonçalo, queria começar por perguntar e para esclarecer no fundo o que significa a sonoplastia no teatro, achas que a sonoplastia faz parte do teatro ou o teatro faz parte da sonoplastia. No fundo, o que é para ti a sonoplastia no teatro?

 Gonçalo: ‘’ Como o próprio nome indica, a Sonoplastia vem de som, sejam eles vozes, músicas ou em formato de interjeições e serve exatamente como comunicabilidade e conversação do espetáculo com o público, sendo que todos os ruídos retiram pequenas reações dos espetadores. Sonoplastia na rádio pode muito bem ter de ser a mais elaborada, uma vez que no teatro e na televisão há a configuração de imagem. Há a capacidade de quem está a assistir, perceber, no fundo, o que o som quer dizer. Mas não tira de todo, o prestígio e a necessidade do som na imagem.

Respondendo à segunda parte da questão, para mim a Sonoplastia é um pouco das duas, tanto uma precisa da outra, mas com total equilíbrio, isto é, não se pode destacar o som do que se passa em palco, nem o que se passa em palco se pode salientar relativamente ao som. Têm de estar equivalentes como duas letras maiúsculas ou duas letras minúsculas. ‘’

Acreditas que este surto pode afetar todos os sonoplastas que estão na área e se achas que pode influenciar a decisão de futuros sonoplastas que pretendem entrar e seguir esta área.

Gonçalo: ‘’ Todas as áreas foram afetadas, infelizmente, devido a este surto e esta não consegue fugir à regra, porque sem eventos, sem espetáculos, é muito difícil para um sonoplasta conseguir obter rendimento. A Sonoplastia não funciona muito bem em lay-off, já que esta profissão, é na maior parte sazonal e esta é certamente a época alta e vai ser muito difícil combater isso a partir daqui, mas é necessário.

Não acho que afete a decisão de quem aspire a ser um sonoplasta, acredito até que a partir do próximo ano, para quem se está a formar na área, seja a altura ideal para intervir na carreira e progredir. Com os eventos a serem adiados, é muito importante continuar envolvido na área, não deixar o som de lado. Se é sonoplastia que estou para aqui a fazer, é sonoplastia que vou fazer daqui para a frente. É aprender a trabalhar com o que nos dão, olhar à nossa volta e entender que a única decisão que podemos tomar é não largar a área. ‘’

Sugerias a algum colega teu que frequentasse esta área ou dirias para frequentar, por exemplo, a luminotecnia?

Gonçalo: ‘’Aconselho sempre, sempre a seguir a área, é algo, definitivamente a experimentar, em tom de brincadeira, faz parecer algumas equações parecerem contas de somar, mas é extraordinário. O nervosismo que os atores sentem, nós sentimos também, aliás, há erros que cometemos que podem induzir ao erro do próprio ator. E sim, a luminotecnia é outra das áreas que influencio vivamente a provar. ‘’

Para terminar, qual foi o trabalho que mais gostaste de realizar e qual que nunca realizas-te e gostavas de vir a realizar?

Gonçalo: ‘’ A minha experiência não é a maior, é verdade, fiz um ou dois espetáculos a solo e foi muito especial e gratificante. Não havia canto em que eu não transpirasse. Se eu não sabia os limites do nervosismo, foi ali que os descobri. Gostava muito de interagir com a Sonoplastia no cinema, pôr em cima da mesa novas ideias, talvez deixar um tempo o teatro no bolso. ‘’

Muito obrigado pelas tuas respostas e acredito que todos que nos leram acabaram por perceber mais sobre o que é a sonoplastia teatral, espero contar contigo em próximas iniciativas como estas e que todos os teus eventos futuros, venham a ser realizados com o sucesso que mereces.

Gonçalo: ‘’ Obrigado pelo convite, é gratificante saber o destaque que dão à área e implementar aqui, mais uma vez, uma espécie de convite à experiência na sonoplastia ‘’

A todos que leram, um abraço e até a próxima quinta-feira. Obrigado.